Gaitanet.com | Agenda Harmônica | Fórum Gaitanet | Quem somos | Serviços | Contato
Saiba onde tem o melhor preço antes de comprar

Seja bem vindo ao Gaitablog! Aqui você ficará por dentro de todas as novidades do mundo da gaita, além de encontrar matérias, entrevistas, vídeos, aulas, lançamentos e tablaturas. Aproveite e deixe seu comentário!

Aulas e Tablaturas


 
 

Leitura musical e gaita diatônica (PARTE IV)

por Fernando Xavier
(Leia a
primeira parte ,a segunda parte, ou a terceira parte desta matéria)

Figuras de tempo 

 As figuras de tempo determinam a duração das notas. Na música, diferente do nosso cotidiano, a duração das notas é medida em tempos, ou seja, o tempo é a unidade de medida para a permanência do som.



 Fórmula de Compasso 

 Note que as frações ao lado das figuras de tempo não são valores de tempo, mas sim, a relação do inteiro (semibreve) com as demais figuras. Assim como acontece com a grafia das alturas (notas, do, re mi...), as figuras de tempo não tem valor fixo, este é determinado por uma referência grafada no começo da partitura ou quando há variação no decorrer de um registro. Esta referência é chamada fórmula de compasso.

 A fórmula de compasso, mais especificamente seu denominador, é o que determina o valor de tempo das figuras. O denominador indica qual das figuras representará um tempo, ou seja, a figura com denominador igual ao da fórmula de compasso será a unidade de tempo (pulso da música). O denominador sempre se refere à porção do inteiro (semibreve), que significará a duração de 1 tempo. A relação entre todas as figuras é sempre a mesma.

 O numerador, diz respeito à divisão de compassos (barras verticais que fracionam a música em ciclos de tempos). Esta notação evidencia para o executante, as notas que deverão ser mais ou menos acentuadas. Portanto, compasso é um ciclo de tempos marcado por acentuações, representados por barras verticais que fracionam a música em porções menores. O numerador determina quantos tempos conterá cada compasso.

Fernando Xavier
Professor de gaita e instrumentista em Campinas SP 

Continua...



Escrito por Gaitanet às 21h47
[] [envie esta mensagem] []



 
 

Leitura musical e gaita diatônica (PARTE III)

por Fernando Xavier
(Clique para ler a primeira parte  ou a segunda parte desta matéria)

Exercícios de leitura livre:

Para este contato inicial com o pentagrama a atenção se voltara à localização das notas na pauta. Outros elementos, como, duração e intensidade serão abordados adiante. Este exercício tem a função de habituar o estudante à correspondência entre as notas no pentagrama com as notas do instrumento. As próximas duas séries compreendem apenas a segunda oitava da gaita C (dó), sua região média (do orifício 4 ao 7).  

 

Fernando Xavier
Professor de gaita e instrumentista em Campinas SP 

Continua...



Escrito por Gaitanet às 01h14
[] [envie esta mensagem] []



Leitura musical e gaita diatônica (PARTE II)

por Fernando Xavier
(leia aqui a primeira parte desta matéria)

Gaita Diatônica integral (com todas as notas possíveis) em C

 

No gráfico a seguir estão representadas as três classes de notas da diatônica. Veja a linha pontilhada central, tudo que está no hemisfério norte são notas sopradas e sul aspiradas. As notas no retângulo central são as naturais, foco deste estudo. Os quadrados fora do esquema central são bends aspirados (sul) e soprados (norte). Os círculos são overbends, pontilhados, aqueles que produzem notas que podem ser feitas em outras classes (notas repetidas).

Abaixo, segue a tessitura da gaita diatônica afinada em C nas três oitavas:

Leitura musical

 

Uma linha ou espaço pode ter vários significados. As posições no pentagrama não tem valor absoluto, dependem de uma referência chamada clave, que é grafada no começo de cada pauta.

Lembre-se que os instrumentos musicais tem tessituras (extensões) variadas. Existem instrumentos muito graves e muito agudos. Um teclado completo de piano pode ter mais de sete oitavas, ou mais de 85 notas. Se fosse usada uma mesma referência (clave) para a mão esquerda (região mais grave) e direita (mais aguda), uma das duas ou até mesmo ambas, seriam grafadas fora da pauta, o que tornaria a leitura mais difícil. Neste caso, para cada região do instrumento é usada uma clave (sol para a mão direita e fá para a esquerda).

Portanto, as claves tem a função de: melhor alocar as notas no pentagrama, de acordo com a tessitura do instrumento idealizado para a peça.

Em geral, instrumentos graves como o contrabaixo são escritos em clave de Fá. Instrumentos médios como a viola de arco, a clave de Dó. Médio/agudos como a gaita, violão, flauta, guitarra, entre outros, a clave de Sol.

Existem em vigor, três claves que podem ser alocadas em diferentes posições.

 

Abaixo, as três claves em suas posições mais usadas, note que a nota ao lado de cada clave indica a posição da nota que serve como referência: na clave de sol, o sol é a referência e assim respectivamente.

Na figura abaixo, a representação do do central (a nota mais grave na diatônica C, o dó da quarta oitava do piano, em três diferentes claves:

Obs.: além destas, existe também a clave para instrumentos percussivos.

 

Fernando Xavier

Professor de gaita e instrumentista em Campinas SP

 

Continua...



Escrito por Gaitanet às 21h37
[] [envie esta mensagem] []



Leitura musical e gaita diatônica (PARTE I)

por Fernando Xavier

Este texto foi elaborado para a realização da “Oficina de introdução a gaita diatônica e a leitura musical” no Instituto Hilda Hilst , 2007. Ministrada por Rodrigo Eisinger e Fernando Xavier, através do programa de oficinas promovido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.  Agora ele será reproduzido aqui no Gaitablog através de minha coluna. Como o texto é longo nós o dividimos em algumas partes que serão apresentadas semanalmente, sempre com links para as partes anteriores. Ao final da série apresentaremos nossas referências bibliográficas.

Não é raro que a gaita diatônica seja vista como um instrumento despretensioso, o que distancia o iniciante da necessidade de estudo teórico. Neste movimento muitos iniciantes se deparam com a leitura da tablatura. Se por um lado este sistema simplificado facilita o contato inicial do estudante com o instrumento, por outro, priva-o do acesso a uma imensidão de temas e materiais didáticos escritos na linguagem universal da música. A escrita musical é velha no mundo, já foi rupestre, apareceu em várias civilizações, em diversos momentos da história ao redor do globo. Como é conhecida hoje, definiu-se no século XVII, passou por atualizações ao longo do tempo. Através dela, o registro impresso da música torna-se possível. Os símbolos usados na partitura representam as notas, suas durações e acentuações, disposições de partes, expressão, entre outros elementos.

Nesta adaptação da oficina em artigo apresentado em sete sessões, será feita uma introdução a leitura da partitura através da gaita diatônica de 10 orifícios, com estudo de repertório em músicas folclóricas brasileiras. Os exercícios e músicas sugeridas compreendem somente as notas naturais do instrumento e transitam na maior parte das vezes na segunda oitava. Recomenda-se que seja usada uma gaita em C (dó) para este estudo.  

 

Conceitos fundamentais

 

A música é o fruto da combinação dos sons, que são dotados de quatro propriedades:

 

- altura: as notas propriamente ditas.

- duração: o tempo de permanência da nota.

- intensidade: diz respeito à força que se aplica para a execução da nota.

- timbre: é a qualidade do som, o que distingue um instrumento do outro.

 

A figura abaixo representa uma oitava de piano (de do a do). A unidade de medida para a distância entre as notas musicais é o tom, sua metade o semitom.  A oitava completa possui 12 notas, a décima terceira é repetição da primeira. Entre cada uma dessas notas existe um intervalo de semitom. Ex.: entre dó e dó# há um semitom; entre dó# e ré há um semitom; entre dó e ré um tom; entre do e mi dois tons; entre dó e dó oitava acima, seis tons, etc.

 

Obs.: repare que as teclas pretas podem ter dois nomes para a mesma nota. Ex.: a nota (tecla preta) que está semitom acima de dó ou semitom abaixo de ré, pode se chamar dó# ou réb.

 

Escalas

 

Escalas são seqüências de notas crescentes ou decrescentes com as quais se constroem melodias. O que define cada escala é sua estrutura, a distância entre cada uma de suas notas. As escalas foram convencionadas através dos tempos, a maior e menor natural, têm grande importância para a compreensão de diversos conceitos musicais fundamentais.

 

Escala maior

 

Possui oito graus ou oito notas, a oitava é repetição da primeira. Entre cada um de seus graus encontramos os seguintes intervalos: tom do I para o II grau; tom do II para III; semitom do III para o IV; tom do IV para o V; tom do V para o VI; tom do sexto para o VII; semitom do VII para o VIII.


Escala menor natural

 

Também possui oito graus ou oito notas, a oitava é repetição da primeira. Tem a seguinte distribuição de intervalos: tom do I para o II grau; semitom do II para III; tom do III para o IV; tom do IV para o V; semitom do V para o VI; tom do VI para o VII; tom do VII para o VIII.


Escala cromática

 

A cromática é a escala que possui todas as notas musicais. Ela é simétrica, ou seja, constitui-se de uma seqüência de intervalos regulares, sempre iguais. Corresponde a uma sucessão de semitons (todas as teclas do piano, partindo de uma nota qualquer até sua repetição).

 

Fernando Xavier

Professor de gaita e instrumentista em Campinas SP

 

Continua...



Escrito por Gaitanet às 00h23
[] [envie esta mensagem] []



Sobre os overbends e o blues - Parte II

por Fernando Xavier (leia a primeira parte da matéria aqui)

Campo Harmônico Maior

Campo harmônico é o mesmo que escala harmonizada. Harmonia diz respeito à combinação das notas. Trataremos agora, das tétrades (acordes com 4 notas) geradas a partir da combinação das notas de uma escala maior.

Os acordes construídos a partir de uma escala, combinados em uma progressão harmônica constituem o centro tonal, ou seja, quando uma música ou um trecho, está na tonalidade de C (do maior), pode-se dizer que seus acordes mais importantes tem origem no campo harmônico de C maior, ou são suas substituições.

Os acordes gerados a partir da escala maior são superposições de terças diatônicas (que tem sua origem em uma mesma escala). Tendo como exemplo a escala de C maior, se tomarmos do como fundamental, a terça a seguir será mi, então sol e por fim, si.

 

Com esta disposição de intervalos, tem-se no I grau do campo harmônico de C, um acorde maior, pois sua terça é maior (2 tons em relação à fundamental). A sétima aqui é maior também (5 tons e ½ da fundamental, ou ½ tom em relação à 8j). Portanto este é um acorde maior com sétima maior.

 

 

No II grau do campo harmônico de C, tem-se um acorde menor, pois sua terça é menor (1 tom e ½ em relação à fundamental). A sétima aqui é menor também (5 tons da fundamental, ou 1 tom em relação à 8j). Portanto este é um acorde menor com sétima menor.

 

Se for feito este mesmo procedimento com o restante dos graus teremos:

 

I7M (maior com sétima maior) : 1, 3M, 5j e 7M

IIm7 (menor com sétima menor): 1, 3m, 5j, 7m

IIIm7 (menor com sétima menor): 1, 3m, 5j, 7m

IV7M (maior com sétima maior): 1, 3M, 5j e 7M

V7 (maior com sétima menor): 1, 3M, 5j e 7m

VIm7 (menor com sétima menor): 1, 3m, 5j e 7m

VIIm7(b5) (menor com sétima menor e quinta diminuta): 1, 3m, 5dim e 7m

 

Neste campo harmônico encontramos quatro tipos de acorde: x7M (maior com sétima maior), xm7 (menor com sétima menor), x7 (maior com sétima menor) e x7(b5) (menor com sétima menor e quinta diminuta, também conhecido como acorde meio-diminuto). A diferença deste último para o xm7 está na quinta, que é bemolizada (1, 3m, 5dim, 7m).

Para todas as 12 escalas maiores, o campo harmônico terá o mesmo tipo e seqüência de acordes em diferentes alturas. Portanto a cifra analítica do campo harmônico para as 12 escalas maiores permanece:

 

Os graus do campo harmônico são dotados de funções, que representam as sensações causadas no ouvinte quando acontecem as mudanças de acordes. Podemos então classificar as funções dos graus do campo harmônico maior da seguinte maneira:

 

Repouso: I7M – IIIm7 – VIm7

Movimento: IV7M – IIm7

Tensão: V7 – VIIm7(b5)

 

Observe que o acorde maior com sétima menor só aparece uma vez no campo harmônico maior, no quinto grau. Como a progressão blues abordada aqui é composta apenas por este tipo de acorde, é certo também dizer que, seus três acordes têm origem em campos harmônicos maiores de três diferentes tonalidades, já que: G7 é o V7 de C; C7 é V7 de F; D7 é V7 de G. Assim, é possível pensar que este encadeamento é uma sucessão de tensões. Porém, para os ouvidos não estranhos ao blues, fica clara a sensação de repouso (G7), movimento (C7) e tensão (D7), apesar dos tipos de acorde não corresponderem com a progressão I, IV e V (Imaj7 – IVmaj7 – V7) da música de tradição européia – o que justifica a improvisação horizontal sobre esta progressão.

Leia a primeira parte dessa matéria aqui.

 

*Não perca na próxima coluna na última parte desta matéria, ainda serão abordados os seguintes assuntos: Construção de acorde maior c/sétima menor(comum no blues), progressão blues, improvisação e possibilidades. Então não deixe de mandar seus "pitacos" e continue a nos visitar regularmente.

**Lembre-se que esta matéria assim como todas publicadas no site, está protegida pelas leis de direitos autorais e sua reprodução sem autorização PRÉVIA é expressamente proibida.

 

Fernando Xavier >>>Conheça minha carreira<<<

fernandoxavier@bends.com.br

 

Revisado por Gustavo Scaranelo

Guitarrista e violonista, bacharel em música popular pela UNICAMP

gustavoscaranelo@gmail.com



Escrito por Gaitanet às 23h02
[] [envie esta mensagem] []



60 Tablaturas de músicas conhecidas(temas clássicos e músicas populares)

Confira abaixo 60 tablaturas de músicas conhecidas, entre temas clássicos e músicas populares divididas por autor ou intérprete:

Temas, Clássicos e outras:

Aquarela do Brasil
Asa Branca 
Atirei O Pau no Gato
Abraham, Martin And John

Bom Natal
Los Lobos - La Bamba

Cantiga de Ninar
Musica da Copa
Carruagem de Fogo
Campton Races

Escravos de Jó

Flinstones

Globo Esporte
The Good, The Bad and the Ugly

Hino Nacional

Jingle Bells

Walt Disney - The Lion Sleeps Tonight
Luar do sertao

Tema de Marlboro
Marcha Soldado
Marcha Fúnebre
o menino da porteira

Noite Feliz

Oh Suzana
Old MacDonald Had a Farm

A Pantera Cor de Rosa
Parabens Pra Você
Popeye
por vc

Tema da Vitória

Por autor ou intérprete:

Alceu Valença - Anunciação
Aerosmith - Pink

Beethoven - Ode to Joy
Bob Marley - Redemption Song
Deep Purple - Black Night

Creedence - Have You Ever Seen the Rain
Celine Dion - My Heart Will Go On

Djavan - Flor de Lis

Eduardo Lages - My Cherie Amour

Genesis - Katsbarnea 

Janis Joplin – Mercedes Benz
Jethro Tull - A Song for Jeffrey
João Mineiro e Marciano - Ainda Ontem Chorei de Saudade

Led Zeppelin - Stairway to Heaven
Los Hermanos - Ana Júlia
Legião Urbana - Tempo Perdido
Legião Urbana - Faroeste Caboclo
Luiz Gonzaga - Asa Branca

Marisa Monte - Amor I Love You

Natiruts - Forasteiro

Pearl Jam - Smile
Pearl Jam - Footsteps
Pixinguinha e João de Barro - Carinhoso
Pink Floyd - Another Brick in the Wall

Roger Miller - King of the Road
Várias Raul Seixas
Radiohead - Fake Plastic Trees
Roupa Nova - Whisky a Go Go 

Skank - Te Ver

Ultraje a Rigor - Ciúme

Todas essas tabs estão no Fórum Gaitanet e esse post só é possível graças a imensa participação do pessoal que visita o site que aos poucos se torna a maior central de discussão sobre o assunto da língua Portuguesa, contando atualmente com mais de 800 cadastrados e quase 9mil e 500 mensagens entre membros de diveros países. A todos que tiram as músicas de ouvido e enviam suas tabs e aos que pedem novas tablaturas dia após dia deixo meus agradecimentos.

Convido vocês a conhecerem o Fórum e participarem de nossas discussões, afinal ninguém é tão ignorante a ponto de nada poder ensinar e ninguém é tão sábio a ponto de nada poder aprender. Façam um bom proveito das tabs e caso tenham dúvidas é só entrar em contato, ou perguntar no Fórum mesmo. >>>Aqui você pode fazer seu pedido de Tablatura. 



Escrito por Gaitanet às 16h07
[] [envie esta mensagem] []



Sobre os overbends e o blues

por Fernando Xavier

*A partir de agora todo mês teremos uma coluna do Fernando Xavier aqui no Portal Gaitanet.com. Esse elucidativo texto do Fernando é apenas o começo do que vocês encontrarão nesse espaço dedicado aos textos de um gaitista que cada vez mais conquista seu espaço junto aos grandes nomes da harmônica no país. É uma honra ter o Fernando Xavier como colunista. Façam bons proveitos da coluna e não esqueçam que em caso de dúvidas ou sugestões p/ o colunista é só entrar em contato.

Sobre os overbends e o blues

 

Neste texto, em parceria com Gustavo Scaranelo, trataremos não da execução dos overbends, mas sim, pinçaremos o arcabouço teórico musical, necessário à compreensão da construção da improvisação blues na gaita diatônica abordada cromaticamente. Trata-se de um sobrevôo pela harmonia seccionado em três partes, que acreditamos, possa render bons resultados e novos sons à gaita diatônica.

 

Introdução

 

Segue aqui uma sugestão para solução de improviso, dentro de uma situação comum ao repertório da maioria daqueles que tocam gaita diatônica: blues de 12 compassos (I7 – IV7 – V7) em G (sol maior) tocado na gaita em C (do maior), relação também conhecida como segunda posição.

É muito comum que o gaitista nesta situação construa seu solo tendo como orientação um centro tonal para todo o chorus (execução da harmonia integralmente), assim, faz uso de escalas apenas nesta tonalidade. Ex.: blues em G, improviso orientado pelas escalas blues em G, pentatônica maior em G e G mixolídio. Neste caso, o improvisador terá G como centro tonal para toda a progressão. Podemos dizer que esta é uma abordagem horizontal de improvisação. Outra possibilidade é pensar que cada acorde da música pode gerar uma escala, uma tonalidade de momento. Desta forma estaremos verticalizando a improvisação, dando atenção a cada acorde (estruturas verticais).  Então, neste caso as mudanças de acorde serão entendidas como modulações (mudanças de tom).

Ao longo deste texto, será focada a segunda alternativa, na qual teremos um campo propício à exploração da gaita diatônica como instrumento cromático. Propomos então, em primeiro lugar dizer sobre intervalos, então sobre o campo harmônico maior e o acorde x7 (maior com sétima menor) na progressão blues, para então concluir com a sugestão de improvisação.

 

Intervalos

 

            Intervalo é a distância entre uma nota e outra. A unidade de medida para a distância entre as notas musicais é o tom, sua metade o semitom. Observe o teclado abaixo. Temos ai uma oitava completa de do a do, 12 notas, a décima terceira é repetição da primeira. Entre cada uma dessas notas existe um intervalo de semitom. Todos os intervalos recebem nomes e o que os define é a distância entre as notas e o contexto em que aparecem. Ex.: entre sol e si há 2 tons, também é um intervalo de 3M. Ex.: entre um do e o do oitava acima, existe um intervalo de 6 tons, a este intervalo dá-se o nome de oitava justa (8j); entre o e o oitava acima, existe um intervalo de 6 tons, da mesma forma é um intervalo de 8j.

Para conhecer os intervalos simples (da fundamental até a oitava justa), veja os intervalos que compõem as escalas maior, menor natural e cromática. Lembre-se que intervalo diz respeito à relação entre as notas, neste caso, os números correspondem aos nomes que recebem estas distâncias em relação à fundamental do: 

A escala cromática é a escala que tem todas as notas musicais. Ela é simétrica, corresponde a uma sucessão de semitons (todas as teclas, partindo de uma nota qualquer até sua repetição). Observe que além dos intervalos justos (j), maiores (M) e menores (m), aparecem os diminutos (dim) e aumentados (aum).

 

Intervalos que constituem a escala cromática em relação à fundamental do:

Sobre a nomenclatura, lê-se:

 

1 (fundamental)

2m (segunda menor, um semitom em relação à fundamental)

2M (segunda maior, 1 tom)

2aum/3m (segunda aumentada ou terça menor, 1 tom e 1/2)

3M (terça maior, 2 tons)

4j (quarta justa, 2 tons e 1/2)

4aum/5dim (quarta aumentada ou quinta diminuta, 3 tons)

5j (quinta justa, 3 tons e 1/2)

5aum/6m (quinta aumentada ou sexta menor, 4 tons)

6M (sexta maior, 4 tons e 1/2)

7m (sétima menor, 5 tons)

7M (sétima maior, 5 tons e 1/2)

8j (oitava justa, 6 tons)

 

Alguns intervalos acima são enarmônicos, como é o caso de ré# (2aum: segunda aumentada) e mib (3m: terça menor), ou seja, dois nomes para o mesmo som. A escolha por um ou outro dependerá do contexto harmônico em que aparecerem. Obs.: alguns intervalos enarmônicos não foram citados.

 

*Não perca na próxima coluna a continuação deste texto, ainda serão abordados os seguintes assuntos: Campo harmônica maior, construção de acorde maior c/sétima menor(comum no blues), progressão blues, improvisação e possibilidades. Então não deixe de mandar seus "pitacos" e continue a nos visitar regularmente.

**Lembre-se que esta matéria assim como todas publicadas no site, está protegida pelas leis de direitos autorais e sua reprodução, mesmo que de pequenos trechos só é lícita com autorização prévia.

 

Fernando Xavier >>>Conheça minha carreira<<<

fernandoxavier@bends.com.br

 

Revisado por Gustavo Scaranelo

Guitarrista e violonista, bacharel em música popular pela UNICAMP

gustavoscaranelo@gmail.com



Escrito por Gaitanet às 11h19
[] [envie esta mensagem] []



Tabela p/ converter tabs de diatônica p/ cromática e vice-versa

Esta tabela simplificará sua vida e tornará mais fácil transcrever suas tabs para utilizar com os dois tipos de gaita(conheça os diferentes tipos de gaita) . Torço p/ que esse post seja de grande ajuda e que aproveitem os eventos abaixo listados!

 

>>>OFERTA DO NOSSO PARCEIRO<<<

DVDs - Iniciação a Gaita Blues   Só R$ 38,90 no Submarino
JEFFERSON GONÇALVES                       *sujeito a alteração s/ aviso
Jefferson Gonçalves ensina de uma maneira simples e prática como tocar a gaita Blues, abordando várias técnicas, entre elas: embocadura - respiração - efeitos de sonorização - noções de teoria musi...

Aproveito também este post p/ dar alguns toques sobre a agenda de ótimas atrações que recebi nos últimos dias por e-mail:

Em São Paulo:

-Otavio Catro, Fabrício Casarejos, José Staneck e Duda Menezes dias 9 e 10 de maior tocando jazz, confira aqui

 -Os Harmônicos(Geison, Little Will e Rosrigo Einsinger) e Mississippi Saxophone(Melk Rocha, Ivan Márcio e Márcio Maresia) dia 14 de maio --->confira aqui

Irmandade do Blues(Vasco Faé):
Trunê Goof Feelings
Domingo dia 18 de maio às 18 e 30 no Centro Cultural SP, Sala Adoniram Barbosa, na Rua Vergueiro, nº1000, Paraíso (SP)
TEL: (11) 3383-3402 

Em Campinas:
Dia 10/05 – Sábado – Paulo Gazela no Breu do Blues
Comemoração de aniversário de Paulo Gazela
Local: Barunico
Av. Albino J. B. de Oliveira, 1479 , Barão Geraldo – Campinas – SP
próximo ao McDonalds (antigo Brix Bar)

Em Recife:

Sábado, 17 de Maio às 17h
Tema: Oficina de Gaita
Palestrante:
Guto Santana
Local: Livraria Saraiva Mega Store - Térreo do Shopping Recife -  R. Padre Carapuceiro N 777 - Boa Viagem 
O gaitista paraibano Guto Santana apresentará o universo da gaita de boca, harmônica ou vialejo. O instrumento será abordado desde sua origem, focando as técnicas, efeitos e estilos em que a gaita pode se inserir. Como: bossa nova, blues, rock, jazz, música regional, etc. Esta oficina na Livraria Saraiva é direcionada ao público em geral especialmente os fãs da boa música. A entrada é franca!

Em Santo André:

Little Will no saguão do Paço Municipal da cidade às 20h do dia 28 de maio.

QUER GANHAR UMA HERING BLUES CUSTOM?
Teste os seus conhecimentos sobre a gaita e ainda corra o risco de ganhar essa gaita customizada de fábrica  >>>Clique aqui<<<

 Oferecimento: Harmonica Master



Escrito por Gaitanet às 01h42
[] [envie esta mensagem] []



Mais de 40 tablaturas p/ diatônica de músicas p/ tocar na gaita

Confira abaixo mais de 40 tablaturas de músicas relacionadas a gaita onde você encontra músicas de gaitistas originariamente, músicas de intérpretes que ficaram famosos por tocarem gaita e músicas em geral que grandes gaitistas interpretam.

O Auto da Compadecida - O Pulo da Gaita

Blues Etílicos - Misty Mountain
Blues Etílicos - Come in my Kitchen
Blues Etílicos - O Sol Também Me Levanta
Blues Etílicos - Dente de Ouro
Blues Etílicos - Canceriano Sem Lar

Black Sabbath - The Wizard 

Boogie Woogie

The Beatles - All My Loving  
The Beatles - Love me Do
let it be

Bob Dylan - Blowin' in the Wind
Bob Dylan - It Aint Me Babe
Bob Dylan - Mr. Tambourine Man

Charlie McCoy - Straight Arrow 
Charlie McCoy - St. Louis Blues

Cowboy Bebop - The Last Harmonica Blues

Efeito Trem - Chugling

Engenheiros do Hawai - Até o Fim
Engenheiros do Hawai - O Papa é Pop 
Engenheiros do Hawai - Alivio Imediato

Flavio Guimarães - Hand Jive

Jefferson Gonçalves - How Long Blues
Jefferson Gonçalves - Calango
Jefferson Gonçalves - Win the Lotto
Jefferson Gonçalves - Café Expresso

Frases/riffs/licks de blues

Little Walter - Blues With a Feeling

Muddy Waters - Walkin' Thru the Park 
Muddy Waters- I'm Gonna Move to the Outskirts of Town
Muddy Waters - Forty Days And Forty Nights

Paul Desmond - Take Five

Rolling Stones - Love is Strong

Robson Fernandes - Memories from Home

Sonny Boy Williamson - The Key
Sonny terry and brownie mcghee - bring it on home to me
Sonny Terry - White Boy Lost in the Blues

Velhas Virgens - Uns Drinks
Velhas Virgens - Essa Tal de Tequila
Velhas Virgens - Cerveja na Veia

Todas essas tabs estão no Fórum Gaitanet e esse post só é possível graças a imensa participação do pessoal que visita o site que aos poucos se torna a maior central de discussão sobre o assunto da língua Portuguesa, contando atualmente com cerca de 700 cadastrados e mais de 8mil mensagens entre membros de diveros países. A todos que tiram as músicas de ouvido e enviam suas tabs e aos que pedem novas tablaturas dia após dia deixo meus agradecimentos.

Convido vocês a conhecerem o Fórum e participarem de nossas discussões, afinal ninguém é tão ignorante a ponto de nada poder ensinar e ninguém é tão sábio a ponto de nada poder aprender. Façam um bom proveito das tabs e caso tenham dúvidas é só entrar em contato, ou perguntar no Fórum mesmo. >>>Aqui você pode fazer seu pedido de tablatura.

 QUER GANHAR UMA HERING BLUES CUSTOM?
Concorra a uma Hering Blues Custom celebrando conosco o 6°aniversário do Gaitanet e ainda teste os seus conhecimentos sobre a gaita e a música. >>>Clique aqui<<<

 Oferecimento: Harmonica Master



Escrito por Gaitanet às 05h14
[] [envie esta mensagem] []



Dezenas de métodos para gaita

Finalmente existe uma boa opção para os brasileiros que querem encontrar material de estudo dedicado à harmônica de boca mas não querem apelar para a pirataria na internet. Essa solução é uma loja virtual que encontrei recentemente chamado Livraria Musimed, eles entregam na sua casa e aparentam ser um site sério e seguro. Como não fiz nenhuma compra na loja até então e não conheço seus donos, não posso garantir que sejam seguros, mas poucos cliques na loja farão o internauta ter a mesma impressão que eu.

Eles têm 80 publicações em seu catálogo dedicado à gaita diatônica, incluindo métodos que temporariamente estão indisponíveis dependendo do estoque, vídeos aulas em DVD e VHS, songbooks importados e Cds para treinar improvisos. Infelizmente só encontrei alguns métodos para cromática, sendo que somente um encontra-se na seção dedicada às cromáticas. Os preços são justos, variando entre 15 e 50 reais em média. Em breve farei minha primeira compra e estarei disponível caso alguém queira saber se fui bem atendido. Acredito que uma facilidade dessas na internet, sem obrigar o consumidor a ir para um grande centro aonde ficam localizadas as livrarias especializadas, é mais uma vitória a favor da popularização do instrumento e reconhecimento dos profissionais da área.

Veja alguns dos livros vendidos por eles que estão disponíveis no momento em que publico este post:

           

>Para ir direto a seção de métodos, songbooks e vídeo-aulas para diatônica clique aqui.

>Para ir direto a seção de métodos, songbooks e vídeo-aulas para cromática clique aqui.

PROMOÇÃO DE ANIVERSÁRIO DO GAITANET: Concorra a uma Hering Blues Custom celebrando conosco o 6°aniversário do Gaitanet e ainda teste os seus conhecimentos sobre a gaita e a música. >>>Clique aqui<<<

 Oferecimento: Harmonica Master



Escrito por Gaitanet às 01h55
[] [envie esta mensagem] []



Excelente para treinar improvisos

O Gaitablog apresenta aos amantes da gaita um site maravilhoso para quem deseja treinar improvisos, tocar dezenas de famosas canções na gaita e promover pequenas jam sessions caseiras sem a estrutura de uma banda presente.

Eu explico: O site Jammer disponibiliza ao internauta centenas de faixas de áudio em mp3 com a harmonica das músicas, com guitarra(base), baixo, bateria, piano, etc, só faltando a parte do vocal ou do instrumento solista, e é aí que entra o gaitista.

Eles disponibilizam músicas em diversos estilos: Blues, Jazz, Rock, Country, Reggae, Funk. Além disso, em cada estilo estão muitas e muitas canções disponíveis em diversos tempos, andamentos, levadas, estilos e principalmente, uma grande diversidade de tons.

Por exemplo no Blues, além de músicas clássicas de B.B.King, Chucky Berry, Eric Clapton, S.R.Vaughan, Gary Moore e Robben Ford, eles têm músicas com a levada no estilo de cada um desses ícones além de muitos outros.

No Jazz eles têm clássicos da Bossa Nova, dezenas de Standards,  Baladas, canções do George Benson, além de músicas nos diversos subtipos de jazz, inclusive misturado ao blues.

No Rock eles têm dezenas de músicas de AC-DC, Dire Straits, Deep Purple, Eagles, Jimi Hendrix, Metallica, Nirvana, Pink Floyd, Santana, Joe Satriani, Steve Vai, etc.

No Funk, Country e Reggae eles apresentam menos opções, mesmo assim, dá para aproveitar bastante as diversas tonalidade e estilos apresentados.

Tudo o que você precisa fazer é baixas as músicas, tocar as notas da escala do tom de cada faixa, prestar atenção aos compassos e pronto: Juntos com os amigos ou sozinho em casa, é diversão garantida, além da certeza que você estará aprimorando seu senso de banda e improviso.

Nas canções famosas, nas quais você preferir tocar a música puramente, quando tiver tabs ou partituras é mais fácil ainda. É como se você tivesse uma banda a sua disposição, e então você fará o papel do vocal, tocando na gaita a parte cantada da música.

Aproveitem a dica e deixem este site nos favoritos, afinal este tipo de exercício é sempre muito divertido!

*Agradecimento ao Junior Blues que enviou esta dica ao gaita-l por e-mail.



Escrito por Gaitanet às 17h03
[] [envie esta mensagem] []



Os diferentes tipos de harmônica de boca

Os diferentes tipos de harmônica de boca

Existem diversos tipos de gaitas, mas de acordo com a escala elas podem ser classificadas em dois tipos: Cromáticas e Diatônicas. A diferença básica é que as Gaitas Cromáticas possuem todas as notas da Escala Cromática: C, Db, D, Eb, E, F, Gb, G, Ab, A, Bb, B, enquanto as Gaitas Diatônicas possuem apenas as notas da Escala Diatônica, que no caso do tom de C, são as seguintes: C, D, E, F, G, A, B.

Para se tocar os semitons(bemóis e sustenidos) na gaita Cromática, que se equivalem as notas pretas do piano, basta utilizar sua chave(botão), por isso ela também é conhecida como gaita de Botão.


Gaita Cromática de 64 vozes da Hohner chamada Chromonica

As gaitas Cromáticas podem ter 64 vozes(16 furos), como a gaita acima, 48 vozes(12 furos), como a gaita a seguir ou até mesmo 40 vozes(10 furos) e 56 vozes(14 furos). Cada voz significa uma nota diferente, ou seja, em cada furo existe a possibilidade de se tocar 4 notas: Aspirada e soprada sem a chave pressionada e aspirada e soprada com a chave pressionada.


Gaita Cromática Velvet Voice 48 vozes da Hering

Já nas gaitas Diatônicas comuns só é possível tocar 20 vozes(10 furos), ou seja, duas notas diferentes em cada furo(aspirado e soprado). Para se tocar os semitons é necessário utilizar uma técnica chamada Bend(aprenda essa técnica). Com os bends o gaitista pode dobrar as notas e fazer sua gaita chegar a 32 vozes. Também é possível chegar a 38 vozes nesta mesma gaita, utilizando-se outra técninca chamada de Overbends. Isso mostra como a gaita é um instrumento versátil e desafiador, o mesmo instrumento que para um leigo tem 20 vozes, para um expert tem 38 vozes. Por isso essa gaita também é chamada de gaita de bend e até de gaita blues, por ser a mais utilizada para se tocar blues.


Gaita Diatônica Marine Band da Hohner

Existem 2 tipos de gaitas derivadas da diatônica, que são as gaitas Oitavadas e Trêmulas. Estas gaitas são usadas em orquestras ou grupos de gaita como o Troupe da Gaita. Clique aqui para acessar o site oficial do Troupe da Gaita!

Material do Corpo da Gaita:
O material empregado na fabricação do corpo da Gaita pode ser madeira, plástico ou metal. Cada material dá um timbre diferente ao instrumento e o gaitista escolhe o que for se sua preferência.

Marcas e Modelos:
As marcas mais conhecidas são: Hohner, Lee Oskar, Hering, Suzuki e Huang. Meu destaque especial vai para a Hohner que é considerada a melhor marca entre os gaitistas, é talvez a fabrica mais antiga de gaitas e prima pela grande variedade de gaitas em catálogo, oriunda da Alemnanha. A Hering é uma marca brasileira que cresce a cada dia e ganha espaços no mundo todo. A Suzuki que é uma grande marca de instrumentos de todos os tipos e que na minha opinião fabrica os modelos de gaita mais confortáveis para a boca. E a Lee Oskar é reconhecida por sua durabilidade.

Existe ainda algumas gaitas completamente diferentes, como a Gaita Baixo, produzida somente pela Hohner e Huang(*correção:Fábricas como Suzuki, Tombo e algumas chinesas também produzem gaitas baixo), que além de ter um som completamente diferente e ter dois andares, só pode ser tocada soprando-se, pois na aspiração ela não produz nenhuma nota. Veja algumas fotos:

A título de curiosidade, também mostraremos outra gaita completamente diferente das tradicionais que é a Gaita 48 Chord Harmonica(Também chamada erroneamente de Vineta, mas na verdade Vineta é uma gaita de acordes que usa baixo junto (veja foto aqui) ). A 38 Chord Harmonica(foto) é uma gaita gigante de dois andares, veja uma foto abaixo:


Na foto acima você vê a Gaita Escaleta sendo segurada pelo gaitista Will, de preto. O gaitista de branco é o Geison(MAX) que segura uma Gaita Baixo e o gaitista de Azul é o mestre Aílton Rios segurando uma Gaita Cromática.

Fontes: Gaitanet e Contrabass , Geison.

>>>Veja a matéria original na íntegra<<<



Escrito por Gaitanet às 15h07
[] [envie esta mensagem] []



Mais Um Ótimo Método

Como vocês sabem a idéia do Gaitablog é sempre ajudar os gaitistas e nunca ir contra eles. Antes neste mesmo post havia um link que fazia download do método pelo rapidhsare. A intenção de passar o endereço para que as pessoas fizessem download era dar acesso a um ótimo conteúdo as pessoas que não poderiam ter acesso a ele e muitas vezes também a professores. Não é fácil encontrar professores de gaita em todas as cidades e o método ajuda muito os autodidatas. Também não tinha deixado link para que as pessoas comprassem o método simplesmente porque não vi pra vender em nenhum lugar até o momento que tinha feito o post, na verdade nem mesmo no site do Steve Baker tinha o método para vender, ainda mais dizendo que entregava no Brasil.

Após conversar algumas vezes com o também gaitista Bresslau, que conhece o Steve Baker, ele disse que o Steve garantiu pessoalmente que entrega para o Brasil, tudo o que você precisa fazer é mandar um e-mail para ele pedindo. Se você não souber inglês entre em contato que nós te ajudamos.

Por isso mesmo estou mudando o post e deixando o link para que você compre o método, pois a partir do momento que ele é entregue e vendido ao Brasil, baixá-lo pela internet, apesar de ajudar alguns gaitistas, prejudica o gaitista que criou o método, que deixa de vender algumas unidades.

Agora não tem desculpa para não aprender gaita, mande agora mesmo um e-mail para o Steve Baker e peça seu método, tanto o volume um, como o volume dois.

E para terminar uma boa notícia, o Bresslau nos comunicou que em breve sairá o 3ºvolume do Método com Cd do Steve Baker.

O e-mail do Steve para pedir o método é: steve@stevebaker.de

O Bresslau também achou uma loja que vende o método para o Brasil diretamente e entrega por um preço bem justo.

Método 1

http://www.musicroom.com/se/ID_No/018321/details.html

Método 2
http://www.musicroom.com/se/ID_No/056598/details.html

Se você quiser ter um método em português, de um site em português, bem completo que aborde vários tipos de efeitos e exercícios e entregue em sua casa, sugiro que compre pela internet o método do Benevides Chiréia(http://duvida3.gaitanet.com).

Deixo aqui meu agradecimento a todos que colaboraram conosco essa semana, especialmente ao Alexandre, ao Bisteca, ao Enéias e ao Bresslau.



Escrito por Gaitanet às 14h33
[] [envie esta mensagem] []



Aula Sobre A Terceira Oitava

Olá amigos e amantes da gaita, estou repassando hoje uma aula que o Jefferson havia nos mandado ainda em 2006. Na aula ele passa alguns exercícios(tablaturas) referente a terceira oitava da diatônica. Eu achei os exercícios bem interessantes para quem está começando.

Para ver a aula você precisa fazer o download do arquivo para word clicando no link abaixo e então colocando a senha(gaitablog) e escolhendo aonde deseja salvar em seu computador. A senha para o download é gaitablog.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO

Em caso de dúvida ou problema para baixar o download é só entrar em contato.

O Jefferson Gonçalves além de ser um dos principais gaitistas brasileiros, e reconhecido mundialmente, dá aulas de gaita diatônica no Rio de Janeiro, para entrar em contato com ele acesse seu site oficial.



Escrito por Gaitanet às 19h08
[] [envie esta mensagem] []



Partituras e Tabs de Primeira

Ontem fui a um show solo do Greg Wilsom(guitarrista e cantor do Blues Etílicos), entre os integrantes de sua banda nada mais nada menos que Thiago Cerveira, grande gaitista e guitarrista que tocou por mais de dez anos com Nuno Mindelis e leciona gaita num dos mais conceituados conservatórios musicais de SP, o Souza Lima. Thiago fez um show a parte, cada vez que pegou sua gaita a platéia foi ao delírio, os outros integrantes da banda também estavam muito bem, o baixista e o baterista são sensacionais, mas é claro que meus ouvidos sempre ficam direcionados para a gaita e eu fiquei impressionado com o timbre da gaita do Thiago.

Hoje estou colocando para vocês umas partituras disponibilizadas pelo Thiago, abaixo da partitura também tem a tablatura para quem preferir, amanhã colocarei o áudio do Thiago Cerveira tocando algumas dessas músicas.

Este solo de gaita da  Nine to Nine Blues foi gravado no cd "Blues on the Oustide" de Nuno Mindelis. Gaita em A.

Take Five é um famoso tema do saxofonista de Dave Brubeck. Embora a maioria dos gaitistas prefira tocá-lo em 3a posição, pessoalmente prefiro cross harp, pois dessa maneira é possível tocar-se a parte A da música uma oitava abaixo, da mesma maneira que o original. Gaita em Ab.

Um tema que funciona bem quando toco com os Bluechips é "The Chicken", do grande baixista Jaco Pastorious. Transposto para gaita em D.

Um dos clássicos do Little Walter, é ideal para abusar nos tongue blocks, de modo a obter o máximo de swing, composição que por sinal incluí no meu método(Thiago Cerveira). Gaita em C.

Aí vai a nossa homenagem ao mestre da cromática Maurício Einhorn, transportado para gaita blues. Esse é um tema de bossa nova que requer um ou outro overblow. Gaita em C.

Legenda das Tabs:

s= soprado

a = aspirado

' = bend de meio tom

'' = bend de 1 tom

'" = bend de 1 tom e meio

o = overblow/overdraw

Para entrar em contato com o Thiago é só entrar em seu website oficial:
www.thiagocerveira.cjb.net

Um bom final de semana a todos!



Escrito por Gaitanet às 16h18
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Categorias
Notícias
Agenda
Matérias
Vídeos e Mp3
Aulas e Tablaturas

 

Conheça também o Gaitanet e encontre tudo sobre gaita. Do básico ao avançado: Mp3, cifras, dicas, aulas, dúvidas freqüentes, professores, etc. Confira!

P/ aprender gaita na cidade de Santos/SP, clique aqui e mande uma mensagem

Aprenda gaita em Campinas com Fernando Xavier
(clique aqui)

Faça aulas de gaita no RJ com Jefferson Gonçalves
(clique aqui)



 

Veja nosso histórico


Votação
Dê uma nota para meu blog

Outros sites
Gaitanet! - Tudo sobre gaitas ao alcance do seu mouse
Jefferson Gonçalves
Leandro Ferrari
Otavio Castro
Róbson Fernandes
Ailton Rios
Rodrigo Brasileiro
Mp3 de cds raros de blues e gaita!
Blues de Sampa
Sim, eu penso!
Blog do Prot
Blog do Kenji
UOL - O melhor conteúdo
Fórum em Espanhol